Ao todo, 417 pessoas estão internadas com sintomas da doença.
Marcelo Martins/ Prefeitura de Santos
Ao todo, 417 pessoas estão internadas com sintomas da doença.



Nesta sexta-feira (26), a taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes com covid-19, na rede hospitalar de Santos, atingiu o menor índice desde o início da pandemia: 56%. Na rede privada, o índice é de 72% e, no SUS, de 42%. Nos leitos de UTI adulto, a ocupação é de 60%.

Entre os fatores que contribuíram para a redução está a abertura, neste mês, de 43 leitos de UTI na rede municipal, após a chegada de respiradores e outros investimentos. Agora, há 313 leitos de UTI covid-19, sendo 172 na rede SUS e 141 na rede privada, onde estão internadas 174 pessoas. São 90 pacientes de outras cidades (51,7%) e 84 de Santos (48,3%).

Ao todo, 417 pessoas estão internadas na rede hospitalar da Cidade com sintomas da doença, incluindo os leitos de clínica médica/enfermaria. Deste montante, 212 pacientes moram em outras cidades (50,8%) e 205 em Santos (49,2%). A taxa de ocupação dos 888 leitos covid-19 está em 47%.

Novos casos

A Seção de Vigilância Epidemiológica (Seviep) recebeu, nesta sexta-feira (26), 244 notificações de covid-19, passando o número de casos acumulados de 8.282 para 8.526 (+2,9%).

Mais 16 mortes foram confirmadas, seis de mulheres (63, 68, 79, 88, 92 e 92) e dez de homens (49, 63, 73, 74, 83, 85, 88, 92, 93 e 100 anos), ocorridas no período de dois meses e 18 dias (9 de abril a 25 de junho). Santos totaliza 359 óbitos pela covid-19 e outros 12 estão em investigação.

Balanço

Casos confirmados: 8.526
Suspeitos: 458
Internações: 205 (84 em UTI)
Recuperados: 5.449 (587 hospitalares)
Óbitos (confirmados): 359 (12 em investigação)
Testes rápidos: 44.421
Testes PCR: 17.682

    Veja Também

      Mostrar mais