O vídeo, publicado no canal Via d’Ideia, traz ainda depoimentos de outros nomes importantes no cenário cultural brasileiro
Reprodução/ YouTube
O vídeo, publicado no canal Via d’Ideia, traz ainda depoimentos de outros nomes importantes no cenário cultural brasileiro



Diante da necessidade do isolamento social, os artistas foram os primeiros a conviverem com a crise provocada pela pandemia do novo Coronavírus, e poderão ser os últimos a retornarem às atividades.

A realização de shows segue suspensa em todo o Brasil e, em meio aos aplausos virtuais, muitos músicos investem em lives para arrecadar doações para ajudar no combate à covid-19.

O cantor e compositor de Santos Fernando Negrão relatou um pouco desse cenário no V episódio da série documental “A tirania da minúscula coroa: Covid-19”. “Fiquei muito feliz por participar da produção e falar sobre nossa classe artística, durante a quarentena”.

No episódio, Negrão destaca a importância da arte em meio ao caos: “Nosso trabalho deve demorar para voltar a normalidade e a pandemia estraçalhou a vida de muita gente, por isso, a iniciativa é muito importante para dar voz aos artistas. A cultura, que já foi tratada como algo supérfluo, reforça sua importância na vida das pessoas, principalmente, nessa situação em que estamos vivendo”, disse.

O vídeo traz ainda depoimentos de outros nomes importantes no cenário cultural brasileiro, como Maestro João Carlos Martins, atores Genézio de Barros, Bárbara Bruno, Odilon Wagner, Gabriel Miziara, Murilo Meola, músicos como Ana Salvagni e Minoro Muriat. “Para mim foi uma honra fazer parte de uma produção com essas super feras”, afirma Negrão.

Em mais um desafio ocasionado pela quarentena, as gravações, que fazem parte de um roteiro criado no mesmo período, foram realizadas por celular, sem qualquer contato físico entre os artistas e produtores da produção, para preservação de todos.

“O roteiro é fruto de uma parceria com os taquaritinguenses Ricardo e Juliano Sartori, da Via d’Ideia, especialistas na produção de vídeos documentários, que entraram arfando em mar revolto de forma voluntária. A busca e o encontro da ideia foi a causa de partida, amarrada em um roteiro didático e estruturado. Tudo está sendo feito pelo celular e, esse registro atemporal, servirá de base de consulto no futuro – é nisso que acreditamos”, afirma o jornalista Gustavo Girotto, autor e diretor da série.

O V episódio da ‘Tirania da minúscula coroa: Covid-19’, assim como as mais de 300 horas de material, transformados nesta série documental do YouTube, pode ser visto no canal da Via d’Ideia .



Ficha Técnica: “A tirania da minúscula coroa: Covid-19”- Título – série documental

Gustavo Girotto- Direção geral/ Entrevistas
Ricardo Sartori- Diretor de arte
Juliano Sartori- Diretor de produção
Adalberto Piotto- Orientação/mentoria
Tercio David Braga- Estruturação de temas/Divulgação
Nana Santiago- Redes Sociais/Estratégia

    Veja Também

      Mostrar mais