A taxa de ocupação geral dos leitos covid-19 é de 52%
DIVULGAÇÃO/ AGÊNCIA BRASIL
A taxa de ocupação geral dos leitos covid-19 é de 52%


Nesta quinta-feira (11), a Seção de Vigilância Epidemiológica (Seviep) recebeu oito notificações de covid-19 entre moradores de Santos, que morreram entre 3 de maio e 8 de junho, sendo cinco homens (de 60 a 102 anos) e três mulheres (67 a 80 anos).

No total, o Município registrou 206 óbitos pela doença. Outras 25 mortes são investigadas e aguardam resultados laboratoriais.

Ao todo, houve 347 confirmações de covid-19 entre munícipes de Santos, passando o total de casos de 5.188 para 5.535- alta de 6,6% nas últimas 24 horas.

Desde o início da pandemia, 3.625 pessoas se recuperaram (65,5%), sendo 428 delas após internação hospitalar.

Internacções

O número de pessoas com sintomas da covid-19, internadas na rede hospitalar de Santos, se manteve estável nas últimas 24 horas. Há 455 internados, sendo 238 moradores de Santos (52,3%) e 217 de outras cidades (47,7%).

Já o número de pacientes em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) aumentou 4,9%. Na quarta (10), havia 182 pacientes em UTIs e, nesta quinta (11), são 191. Os munícipes de Santos representam 54,4% do total (104 pacientes) e os moradores de outras cidades correspondem a 45,6% (87 pacientes).

Ocupação

A taxa de ocupação geral dos leitos covid-19 é de 52%. Entre os leitos de UTI, a taxa é de 68%. Na rede privada, a ocupação é de 79% e, no SUS, 57%. Nos leitos de UTI para adultos, a taxa de ocupação é de 75%.

Balanço

Casos confirmados: 5.535
Suspeitos: 505
Internações: 238 (104 em UTIs)
Recuperados: 3.625 (428 hospitalares)
Óbitos (confirmados): 206 (25 em investigação)
Testes rápidos: 31.673 Testes PCR: 11.440


    Veja Também

      Mostrar mais