As praias continuam fechadas
Márcio Rodrigues Alves/ Arquivo pessoal
As praias continuam fechadas


O inverno de 2020 chegou oficialmente às 18h44 deste sábado (20), mas, para os amantes do frio, o meteorologista Filipe Pungirum, um dos responsáveis pela previsão climática na Climatempo, alerta que a estação não será marcada por frio intenso na região Sudeste do Brasil.

“A expectativa é de que, principalmente em julho, os 10 primeiros dias sejam mais úmidos. Depois, as chuvas vão diminuir consideravelmente e, por isso, a previsão é ligeiramente acima da média. Já em agosto, teremos uma atmosfera mais quente e seca que se estenderá até setembro”, explica Pungirum.

Antes das 10h31 de 22 de setembro, quando termina o inverno, a população enfrentará uma das principais características da estação, que é o tempo seco. As frentes frias, em geral, conseguem aumentar a umidade e provocar alguma chuva nas áreas mais próximas do litoral de São Paulo.

Ainda de acordo com a equipe do Clima Tempo, não haverá influência de nenhum fenômeno oceânico-atmosférico, como El Niño ou La Niña, durante o inverno de 2020. A situação de neutralidade, em relação à temperatura da superfície do mar, deve prevalecer durante a estação.

Além disso, embora os meses tenham temperaturas acima da média climatológica, as massas de ar polar conseguirão derrubar as temperaturas em alguns eventos.

Um alerta do Climatempo é que a secura do ar se torna um fator ainda mais preocupante neste inverno com a pandemia de coronavírus.

    Veja Também

      Mostrar mais