Caso não tomem as providências, será feito processo de reintegração de posse.
Divulgação/ Prefeitura de Santos
Caso não tomem as providências, será feito processo de reintegração de posse.


A Policia Militar e Ambiental realizou uma força-tarefa, em conjunto com a Prefeitura de Santos, que resultou em 15 notificações para desapropriação de moradias irregulares nesta quinta-feira (23). A ação, que ocorreu em Ilhéu Baixo, na Zona Noroeste, teve como objetivo conter o avanço de ocupações irregulares na região.

Os responsáveis pelas moradias terão 10 dias para deixarem o local e demolir as edificações. Caso não tomem as providências, será feito processo de reintegração de posse para a retirada das famílias.

FERRO-VELHO E LAVA-RÁPIDO

Também foi expedida intimação ao responsável por um ferro-velho na Rua Joaquim Teixeira de Carvalho, para encerramento das atividades por estar em área de preservação ambiental.

Outra intimação ocorreu no Morro do Ilhéu Alto, na Rua Dois, onde foi averiguada invasão em área de preservação ambiental. Neste local, funcionava um lava-rápido com funilaria e pintura, cujo responsável também foi intimado a encerrar imediatamente as atividades.

Ambos os estabelecimentos foram demolidos pelas equipes da Subprefeitura da Zona Noroeste. No total, foram recolhidas, com auxílio de caminhão da Terracom, cinco toneladas de resíduos dos dois comércios.

Nova força-tarefa será realizada pelos órgãos de fiscalização nos locais, para verificar se as notificações e intimações foram cumpridas pelos responsáveis. 

As infrações foram constatadas por meio de denúncias e durante monitoramento da Subprefeitura. Cerca de 30 profissionais participaram da operação, entre equipes das secretarias de Finanças, Meio Ambiente e Serviços Públicos, Guarda Municipal, Terracom, além das polícias Militar e Ambiental.

    Veja Também

      Mostrar mais