Porto de Santos era usado na tentativa de exportar drogas para Europa
Reprodução/Google Maps
Sede da Polícia Federal na rua Riachuelo, no Centro de Santos



A Operação Energia , deflagrada pela Polícia Federal em Santos , prendeu quatro pessoas nesta terça-feira (29) por suspeita de envolvimento com o tráfico internacional de drogas pelo Porto da cidade.

O grupo era investigado desde a apreensão de 373 kg de cocaína, em 21 de maio, no Porto de Santos. Naquela ocasião as drogas estavam escondidas em uma carga que transportava três geradores e, outros equipamentos de relacionados a energia, com destino ao Porto de Algeciras, na Espanha.


Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pela 6ª Vara Federal de Santos, assim como os quatro de prisão preventiva. O nome dos suspeitos não foi divulgado e todos foram levados à Sede da PF em Santos. Participaram da ação 28 policiais.

De acordo com a Polícia Federal, três pessoas estão ligadas às exportações dos equipamentos e o outro suspeito teria ligação com as transações financeiras da empresa que realiza a exportação. Um carro, avaliado em R$ 400 mil reais, foi apreendido.

O nome da Operação faz alusão a carga do navio onde foram encontrados os tabletes de cocaína.

    Veja Também

      Mostrar mais