A pandemia transformou a maneira de se celebrar aniversários, casamentos, batizados e demais datas especiais, introduzindo um conceito de festas mais intimistas e com um cuidado especial na decoração. A sala da casa virou o salão de festas, com direito à mesa com bolo decorado, cenário e até iluminação especial.

Leia também

E falando em bolo, há uma fatia bem generosa para quem busca empreender nesse segmento, que movimenta R$ 250 bilhões em eventos corporativos e outros R$ 17 bilhões em eventos sociais, por ano, segundo dados da Associação Brasileira de Eventos (Abrafesta). Para driblar a crise, é preciso ter ainda mais criatividade, um olhar inovador e oferecer soluções na medida para as festas da quarentena.


Essa é a proposta do minicurso Como empreender no mercado de festas e eventos, que acontece no dia 22 de julho, das 20 às 22 horas, e vai ensinar os primeiros passos para ter sucesso nesse ramo. A iniciativa é uma parceria do projeto 40eMais com a empresária Érika Klann, fundadora da Klann Festas e Eventos, que irá ministrar a aula ao vivo, pela plataforma do Sympla. Dentre os participantes, três sorteados ganharão um bônus: 1 hora de consultoria presencial e disponibilidade de acervo para montagem de portfólio na Joy Mimos, loja de locação de objetos e móveis para festas (mediante agendamento prévio).

A especialista explica que a pandemia resultou em novos conceitos para festas e celebrações, ocasiões que ganharam ainda mais importância neste período de isolamento social. “As pessoas sentem a necessidade de comemorar, mesmo que só a família da casa, já que a pandemia tirou a vida de muita gente, e as celebrações ganharam um outro peso. São novos formatos, compactos, mas com uma valorização maior da decoração, dos detalhes e dos materiais”, detalha ela.

Você viu?

Festa em casa não precisa de cardápio elaborado, certo? Errado! Érika conta que nesse momento intimista, as famílias também querem delícias bem elaboradas e de qualidade, para caprichar ainda mais nessa experiência restrita a poucas pessoas. “Essa parte também integra a decoração da mesa, com doces decorados e personalizados no tema da festa. Por isso, o profissional de festas e eventos atua também como um consultor, orientando o cliente desde a escolha do tema e materiais até a finalização da decoração”.

Dentre os temas que serão abordados no minicurso, estão os seguintes tópicos:

  • Como iniciar no mercado de festas
  • As diferentes profissões no mercado de festas
  • As novas perspectivas do mercado pós-pandemia
  • Como abrir e gerenciar uma empresa de decoração de festas
  • Como se diferenciar em um mercado já tão concorrido
  • Vale a pena investir no mercado de festas?

Érika lembra que a imersão proporcionada pelo minicurso apresentará uma ampla visão do ramo de festas e eventos, além de orientar sobre o que é preciso para se lançar no segmento. “Você vai descobrir um nicho de atuação encantador, que incentiva a criatividade e que pode ser a sua nova fonte de renda, sem deixar de lado suas atividades pessoais e familiares”, completa Selma Cabral, empresária e idealizadora do 40eMais.

A aula promete inspirar e dar o impulso que falta para transformar a vontade de empreender em realidade. “A decoração nos permite navegar em diversas histórias e transformar um momento em emoção e beleza, eternizando com sensibilidade, criatividade e amor. Decorar é uma escolha e eu sou muito feliz com a minha. Espero poder inspirar mais pessoas a empreender nesse nicho!”, convida Erika.

O valor do investimento é de R$ 99,90, que podem ser parcelados em até 12 vezes diretamente pelo Sympla. Os ingressos para o mini-curso estão disponíveis aqui. Para saber mais sobre o trabalho de Érika Klann, acesse o perfil no Instagram: @klannfestas. Conheça também o www.40eMais.com.br, que traz conteúdo de qualidade voltado ao público com mais de 40 anos.

Quem ensina

A facilitadora, Érika Klann, é mãe do Ruan e da Maria Eduarda, carioca da gema e radicada em Santos (SP). Bióloga Geneticista pela UFRJ, professora, com mestrado em Virologia pela Fiocruz-RJ, trocou os laboratórios pelos cenários de festas, criando a sua empresa de decoração de festas, a Klann Festas e Eventos. É vice-presidente das Empreendedoras 55, associação de fomento ao empreendedorismo feminino. Foi uma das pioneiras a lançar as festas em casa na Baixada Santista, no início da pandemia, e também as festas na bandeja e box.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários