A partir da zero hora desta segunda-feira (8) , oito novos pontos de fiscalização eletrônica serão ativados em Santos . Eles já passaram por aferição do Inmetro e estão instalados nos seguintes locais: Av. Presidente Wilson, números 185/1.935 (dois sentidos da via), próximo ao emissário submarino (José Menino); Av. Presidente Wilson, entre as ruas Marcílio Dias e Quintino Bocaiúva/Galeria AD Moreira (Gonzaga); Av. Vicente de Carvalho, próximo à Rua da Paz (Boqueirão); Av. Francisco Glicério (sentido Ponta da Praia/José Menino), próximo à Rua Vidal Sion (Encruzilhada). Nestes, a velocidade máxima permitida está regulamentada em 50km/h.

Outros pontos, sendo eles na Rua Gercino Hugo Caparelli, próximo à Rua Yara Nascimento Santini (São Jorge) e Av. Manuel Ferramenta Jr, próximo ao número 363 (Areia Branca), fiscalizarão veículos que ultrapassarem a velocidade máxima de 40km/h.

Também será reativado o conjunto de equipamentos no Morro da Nova Cintra - Av. Pref. Antônio Manoel de Carvalho, na descida (Marapé), com velocidade regulamentada a 30km/h; Av. Dr. Nilo Peçanha, próximo ao cruzamento com a Av. Pref. Antônio Manoel de Carvalho, com velocidade máxima de 40km/h.

Já o equipamento instalado na Av. Afonso Pena, números 170/176, nas proximidades da Praça Palmares (Boqueirão/Macuco), além de autuar veículos que trafegam acima de 50km/h, também irá flagrar as infrações de avanço de sinal vermelho do semáforo e parada sobre faixa de pedestres.

Multas e pontuação

A multa para quem ultrapassar em até 20% a velocidade permitida é considerada média, de R$ 130,16, com acréscimo de quatro pontos na CNH do motorista. De 20% a 50% da velocidade, a multa é grave - R$ 195,23, com cinco pontos na carteira. E para quem ultrapassa a velocidade acima de 50%, a multa é gravíssima, multiplicada por três, cujo valor é de R$ 880,41, além da suspensão do direito de dirigir.

O avanço de sinal vermelho atribui sete pontos à Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e multa no valor de R$ 293,47. Já a parada sobre faixa de pedestres gera cinco pontos e multa de R$ 195,23 como penalidade.

A Cidade contará, a partir de segunda-feira (8), com 13 equipamentos de fiscalização eletrônica, de um total de 26 que serão instalados. Todos os trechos estão sinalizados com placas de regulamentação de velocidade, além de sinalização educativa, não obrigatória, alertando sobre a presença dos radares.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários