As turmas já estavam em atendimento remoto desde o primeiro dia do ano letivo, 1º de fevereiro.
Isabela Carrari/Prefeitura de Santos
As turmas já estavam em atendimento remoto desde o primeiro dia do ano letivo, 1º de fevereiro.


Alunos das classes de maternal I e II das escolas municipais de educação iniciaram, nesta segunda-feira (22), o sistema híbrido de ensino (presencial e remoto). As turmas já estavam ema aulas remotas desde o primeiro dia do ano letivo, 1º de fevereiro.

Leia também

A rede conta com 52 unidades que atendem a esta faixa etária. Até sexta-feira (26), ocorre o período de adaptação, com permanência de até 1h30. A partir da próxima semana, a carga horária se estende para até 4h/dia.

Conforme o planejamento, as escolas se organizaram para receber presencialmente 20% da capacidade por dia, atendendo, até o fim da semana, 100% dos estudantes. O restante dos dias de aula continua remoto.

Na escola Margareth Buchmann (Embaré), o primeiro dia foi tranquilo. “Organizamos tudo para o retorno, com atenção aos protocolos e comunicação com pais e responsáveis”, disse a diretora Leda Maria Di Bella Costa. Ao entrar nas salas, os alunos foram encaminhados para a lavagem de mãos com água e sabão.

“Separamos uma sacola para cada criança para colocar os materiais utilizados em classe. Todos os dias serão higienizados após o uso”, explicou a professora Luísa Cavalcante de Farias. Ela destacou ainda a importância do retorno para as crianças. “Emocionalmente, é ótimo para eles. Os alunos estavam com saudade desta rotina”.

Você viu?

Marielen Soliman, 36, mãe da pequena Antonella, 2, gostou da organização da escola. “Em algum momento, precisávamos voltar. É muito difícil para a criança ficar fora da escola, ficar sem a interação com outros alunos e com o professor”, acrescentou.


Berçários

Os berçários I e II só iniciam as aulas híbridas em 8 de março, realizando a adaptação de 8 a 12 de março. Jardim, pré-escola, 1º a 9º ano do ensino fundamental e educação de jovens e adultos estão neste formato desde 8 de fevereiro.

Para a chefe da Seção de Educação Infantil, Katia Ramires, a educação infantil é pautada, principalmente, nas interações sociais. “A rotina escolar e o convívio que ela proporciona fazem parte do desenvolvimento da criança”, destacou. Antes do retorno, foi realizada reunião de trabalho para acolher os profissionais e também discutir protocolos pedagógicos.


Orientações, normas sanitárias e materiais de higienização garantidos

Assim como as demais modalidades de ensino que já retornaram ao presencial, as escolas com atendimento ao maternal também receberam as orientações necessárias sobre as normas sanitárias de segurança que devem ser seguidas.

Todas as unidades receberam os itens individuais e materiais de higienização (álcool em gel, termômetros, luvas, totens para álcool em gel e tapetes sanitizantes). Além disso, foram distribuídas três máscaras de tecido para professores e funcionários e quatro para alunos (a partir dos 3 anos, conforme orientação dos órgãos competentes).

Os profissionais que atuam em classes de berçário ainda receberão face shields. O sabonete líquido está sendo entregue pela empresa terceirizada de limpeza.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários